#Post Title #Post Title #Post Title #Post Title #Post Title #Post Title #Post Title
quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

Treinamento em Suspensão-TRX- O que é?



Durante a Guerra do Golfo, os soldados americanos começaram a amarrar as fitas dos paraquedas nas estruturas fixas disponíveis para se exercitarem utilizando a força da gravidade como resistência. Daí surgiu o treino suspenso. Por não terem muito espaço e tempo para treinar, eles precisaram criar um equipamento que fosse compacto e de fácil transporte. O TRX como conhecemos hoje, porém, foi criado há cerca de 10 anos por um ex-oficial da marinha americana dentro de laboratórios universitários.



Com duas tiras presas ao teto ou em estruturas fixas posicionadas em uma altura certa e o peso do próprio corpo, a pessoa é capaz de realizar uma série quase ilimitada de exercícios muito dinâmicos e divertidos, além de funcionais.



Os exercícios realizados de maneira suspensa são capazes de trabalhar a força, flexibilidade, equilíbrio, estabilidade do CORE e mobilidade simultaneamente, de forma segura, desde que acompanhado por um profissional capacitado. A intensidade pode ser regulada de acordo com o posicionamento do individuo em relação ao suporte e com o grau de inclinação do corpo.




Para se manter de maneira alinhada e equilibrada, o praticante deve acionar os músculos do CORE e outros diversos músculos estabilizadores. Para que ele não se machuque, portanto, deve ter uma boa resistência muscular além de um bom preparo físico. Caso contrário, pode acabar no chão ou com algum problema de coluna.




Alguns dos benefícios da prática do treino suspenso são:

- Desenvolvimento da consciência e controle corporal
- Melhora da postura
- Melhora da resistência muscular
- Prevenção de dores e lesão
- Melhora do desempenho atlético
- Efeito positivo na saúde da coluna vertebral
- Melhora da eficiência dos movimentos
- Melhora do equilíbrio
- Melhora da força
- Melhora da flexibilidade


Modelos de fitas de Suspensão




O que é o TRX

O TRX é um treino em suspensão, um programa de capacitação física que nasceu do exigente programa de condicionamento física dos fuzileiros navais da marinha norte-americana.


O objetivo era que seus soldados fossem capazes de treinar em qualquer lugar e mantivessem uma condição física de excelência, usando um único aparelho fácil de transportar (com pouco mais de 1kg), e que permitisse a pratica do maior número de exercícios possíveis. Assim, após deixar o comando do grupo de eleite da Marinha, Randy Hetrick criou o TRX, ferramenta de nível profissional e com uma metodologia de treinamento muito eficiente.




O aparelho usado para praticar o TRX é semelhante a uma corda com alças, que transforma o peso do corpo do aluno em resistência variável. Dessa forma, o aluno escolhe o nível de dificuldade dos exercícios simplesmente variando a posição do seu corpo.



Benefícios

Podendo ser usado para treino individual ou em grupo, o TRX – Suspension Training é um método patenteado de exercícios feitos com o peso do corpo, desenvolvendo força, flexibilidade, equilíbrio e estabilidade do core (unidade integrada de músculos que mantêm a coluna alinhada durante todos os movimentos, prevenindo lesões).



TRX: A ideia

Randy Hetrick conta que quando estava à frente do principal esquadrão de elite da Marinha mundial, ele e seus companheiros passavam parte dos seus dias dentro de submarinos, galpões e alojamentos, que não possuíam nenhum tipo de equipamento de treinamento. Sendo assim, era preciso encontrar um modo de manter o máximo de condicionamento físico durante as longas missões oficiais. 



Randy Hetrick-Criador do TRX


Certo dia, ao abrir a mala, Randy explica que levou sua faixa de judô acidentalmente, e foi com ela que começou a ter ideias de treinos. Ao amarrar a faixa em uma porta, Randy começou a criar movimentos similares aos realizados em academias. Com o tempo, Randy começou a aprimorar a técnica através de cordas de paraquedas, e assim, o TRX foi criado. “A Navy SEALs dos Estados Unidos é como o BOPE do Brasil. É preciso estar sempre em forma, e nas longas missões era necessário encontrar alguma maneira de treinar”, explica Randy, acrescentando que “através da faixa de judô percebi as possibilidades de treinar utilizando o próprio corpo. Aprimorado com as cordas de paraquedas encontrei uma nova forma de treinar em alto mar”.




Quando Randy foi estudar negócios na Universidade Stanford, na Califórnia, utilizava a técnica durante as aulas de condicionamento físico, e os próprios treinadores começavam a comentar que o TRX podia ser uma nova opção de treinamento para o mercado.

Randy Hetrick -TRX

TRX: O mercado

Acreditando na criação, Randy Hetrick começa a produzir e comercializar o produto, que se esgotou rapidamente no primeiro lote. Hoje em dia, as pessoas aceitam cada vez mais o TRX, e a empresa já comemora alguns anos no mercado.
Por conta da funcionalidade e versatilidade, o TRX conquista novos adeptos e está sendo uma nova opção em academias e estúdios. 



Através dos produtos originais e com design e qualidade inovadoras, a maioria dos profissionais de Educação Física se interessam cada vez mais pela modalidade. O TRX pretende levar para o mercado uma nova metodologia para os atletas que treinam para o seu esporte, militares que treinam para o combate, além de treinadores e profissionais do fitness que treinam seus clientes.








Interessados em praticar TREINAMENTO FUNCIONAL NA PRAIA,também com a utilização de TRX (Fita de suspensão) para Treinamento em Suspensão entre em contato com a galera da L`EQUIPE ASSESSORIA ESPORTIVA em FORTALEZA.Os treinos são realizados no Aterro da Praia de Iracema em grupos de até 5 pessoas no horário noturno.Acessem a página da Galera L`Equipe no facebook;

https://www.facebook.com/LEquipe.Assessoria.Esportiva marque uma aula experimental inbox.




[ Leia Mais... ]

Por que o músculo dói depois do exercício físico?




Quem já não sentiu dor depois de fazer exercícios, principalmente quando se inicia uma atividade física?

É comum sentir aquela dor muscular depois do exercício, mas você sabe os motivos? Veja:

Inflamação

A atividade física provoca um forte atríto entre as fibras dos músculos e em resposta à essa agressão, o corpo produz substâncias vasodilatadoras que estimulam as terminações nervosas. É por isso que o resultado é a dor.

Microrrupturas

Quando são submetidos ao esforço, os músculos sofrem estiramentos, levando ao rompimento das proteínas que formam as fibras musculares. É assim que as microlesões surgem, provocando a sensação de dor.Os aminoácidos são os responsáveis pela regeneração das fibras, recompondo as proteínas que se partiram: actina e miosina. É dessa maneira que os músculos ficam mas reforçados, resistentes e crescidos.

Fadiga

É durante a prática de exercícios que as fibras consomem mais energia, se abastecendo de carboidratos e gorduras. Para quebrar essas moléculas, o corpo produz ácido láctico, que em excesso causa dor, já que estimula os receptores que produzem a sensação de fadiga.







Como curar o músculo que dói?


Para aliviar as dores musculares e auxiliar o processo de cura, você pode embeber o músculo em um banho quente, aplicar um pacote de calor ou sentar-se em uma sauna. Isso vai ajudar a relaxar os músculos e aumentar o fluxo de sangue.





O alongamento é uma forma extremamente eficaz de aumentar o fluxo de sangue e o calor através do músculo, mas deve-se ter muito cuidado para não exagerar. Exercícios leves como caminhar também auxilia na reparação do músculo. Óleos essenciais, como o alecrim e a pimenta preta também vai ajudar a reduzir a dor, quando aplicado no músculo.

O que é a fadiga muscular e qual a melhor forma de evitá-la?

As dores musculares que costumam aparecer principalmente após o primeiro dia de treino são resultados de fatores químicos em desequilíbrio.


Essas dores chamadas de fadiga muscular aparecem como um sinal de alerta para o nosso corpo, ou seja, quando a reserva natural de energia se esgota, o corpo com a intenção de suprir a necessidade do músculo, inicia um processo de trocas que resultam em resíduos que se acumulam e provocam as dores. Quando conhecemos suas causas e como fazer para evitá-las ganhamos em saúde e melhor rendimento nos treinos.


O inicio

O funcionamento do nosso corpo depende da energia alimentar composta por diferentes substâncias essenciais para produzir ADENOSINA TRIFOSTATO famosa (ATP), importante composto químico que quando desintegrado fornece energia para as contrações musculares entre outros processos biológicos.


As trocas químicas necessárias para gerar energia para o músculo (produção de ATP), quando utilizam oxigênio são chamadas de metabolismo aeróbico e quando não utilizam oxigênio são chamadas de metabolismo anaeróbico.


Ao praticar a atividade física o músculo utiliza o ATP para gerar a contração muscular, o processo para restabelecer o ATP é por meio do uso de oxigênio, porém, quando levamos a atividade física a um nível mais alto de intensidade, mesmo aumentando a capacidade respiratória, nem sempre a condução do oxigênio é suficientemente rápida para o abastecimento de recuperação do ATP, por esse motivo, o metabolismo reage restabelecendo o ATP por meio de outras duas fontes químicas decorrentes de processos anaeróbicos, ou seja, sem uso do oxigênio e é ai que tudo acontece!



Formação do acido láctico responsável pela fadiga muscular.
Na reestruturação do ATP sem o uso de oxigênio (metabolismo anaeróbico), ocorrem dois processos diferentes; um é chamado ATP-PC e o outro, glicoliese anaeróbica.


Vamos falar mais sobre glicoliese anaeróbica, pois esse é o sistema responsável pela formação do acido láctico que por sua vez também responsável pela fadiga muscular.


Para a formação do ATP por meio de desse processo o metabolismo utiliza como fonte o glicogênio (reserva de carboidrato). Os carboidratos transformados em açúcares simples chamados GLICOSE, podem ser utilizados imediatamente ou armazenados no fígado e no músculo como reserva de energia; Quando armazenados levam o nome de GLICOGÊNIO.


Todo o processo para reestruturar o ATP (energia) por meio da glicolise anaeróbica consiste em utilizar o glicogênio (reserva de carboidrato) desintegrando-o quimicamente por uma série de reações, nesse processo a energia é reconstituída e liberada por meio da formação do acido láctico.Em outras palavras, o acido láctico é o “resíduo químico” decorrente dessa troca.


Exemplo:


GLICOGÊNIO + fermentação láctica =ÁCIDO LÁCTICO (lactato) = ENERGIA








Porém, o acido láctico não é o vilão da história, o que causa a fadiga muscular é seu acumulo em excesso, pois o corpo só utiliza e tolera 2,0 a 2,3g de acido láctico por quilograma de músculo. Quantidades maiores dessa substância no sangue e nos músculos causam um alerta que impossibilita a contração muscular causando a fatiga e as dores tardias (segundo bases fisiológicas do exercício e do esporte).


Simples mas importante saber que o acido láctico quando em excesso no músculo a ponto de causar fadiga muscular, passa a ser denominado LACTATO devido a alterações químicas em sua composição.

Para evitar a concentração de lactato e reduzir a fadiga muscular.
A fadiga muscular, ou seja, concentração de LACTATO no sangue ocorre por fatores associados alimentação, intensidade e tempo de duração da atividade física.

Uma das principais causas da fadiga muscular ocorre devido à má alimentação. Principalmente quando as pessoas estão em regime de dieta o corpo sofre com a baixa quantidade de nutrientes necessários para a produção de ATP. Com a baixa nos nutrientes o metabolismo utiliza as reservas de carboidratos (glicogênio) e se desencadeia todo o processo de formação de acido lático (lactato) anteriormente explicado.

A boa alimentação pré-treino como pós- treino é importante para o equilíbrio das funções químicas do corpo. Uma das piores coisas que podemos fazer para o nosso metabolismo é treinar em jejum ou permanecer horas sem comer.


Mesmo em dieta devemos comer a cada 3 ou 4 horas e ingerir quantidades de carboidrato que são fundamentais para estimular o gasto calórico acionado pelo aumento do metabolismo, e principalmente para evitar o uso da proteína como fonte de energia causando a perda da musculatura.


Cada metabolismo é único e para cada pessoa as quantidades de carboidrato, proteína e gorduras devem ser calculadas de acordo com as necessidades diárias, na figura acima é possível ter uma idéia de como devem ser equilibrados os alimentos durante a refeição, porém é importante sempre consultar um profissional.






Outros dois fatores responsáveis pela formação do lactato são o tempo de duração da atividade e a intensidade dos exercícios, pois o limite do metabolismo em fabricar ATP ocorre devido ao processo de treinamento e adaptações fisiológicas seguidas pelo equilíbrio de nutrientes repostos no organismo.


A atividade física deve ser realizada de forma gradual para que o metabolismo tenha tempo hábil de se organizar quanto à estrutura de energia.



Agora visualize o quadro completo desse processo metabólico e entenda porque os músculos podem ficar doloridos:

Utilização dos músculos de forma intensa ou fora da forma habitual + Falta de nutrientes em equilíbrio para reestruturação do ATP + uso do glicogênio para recuperação da energia que está sendo recrutada para a contração muscular + formação do acido láctico para formar ATP = LACTATO, ou seja, FADIGA MUSCULAR!


Para evitar a fadiga muscular é importante se alimentar de maneira nutritiva e saudável, abaixo seguem algumas sugestões:

  • Sempre inclua carboidratos como pão, batata, arroz, macarrão, etc; nas principais refeições do dia, como café da manhã e almoço;

  • Se você está a mais de três horas sem comer e vai treinar, faça um lanche com bolachas, barrinhas de cereal, frutas, sucos de frutas ou qualquer outra fonte de carboidrato entre 30 minutos e uma hora antes de iniciar o treino;


  • Quando o treino durar mais de uma hora é importante comer ou tomar bebidas esportivas a cada hora de treino;

  • As frutas secas são uma ótima opção de alimento antes durante e depois do treino;

  • A recuperação muscular ocorre de maneira melhor se a ingestão de carboidrato, proteína e gorduras for realizada até uma hora após o exercício;
  • A água é fundamental para a hidratação do corpo. Beba em torno de 1 a 2 litros de água diariamente para auxiliar a precaução e remoção da fadiga muscular;



Na hora do treino:
O melhor remédio para combater as dores do exercício é mais exercício!


Essa afirmação pode até,parecer, loucura, porém a velocidade da remoção do LACTATO acumulado no sangue e nos músculos vai depender do fato de ficar em repouso durante a recuperação ou do fato de praticar atividades leves durante esse período.


O melhor a fazer durante a recuperação do treino é praticar exercícios para outros grupos musculares ou atividades leves com freqüência cardíaca entre 30% a 65% da freqüência cardíaca máx. (segundo bases fisiológicas do exercício e do esporte).


Quando são realizados exercícios leves o processo de remoção do LACTATO é acelerado devido ao fato de ocorrer outras trocas bioquímicas para a desoxidação do músculo a fim de produzir energia, ou seja, ATP. Porém nessa fase não deve ocorrer o desgaste excessivo do músculo para que todo o processo de formação de LACTATO inicie novamente.


Por fim, podemos resumir dizendo que a oxidação em excesso (lactato) é o causador de dores e fadiga, ela leva um período para ser estabilizada dependendo de cada pessoa e como é conduzida a recuperação sendo o fim das dores o sinal dado pelo corpo para avisar que tudo está normalizado.


Os processos metabólicos do nosso corpo são perfeitos e complexos, cada estrutura depende de outra para funcionar em harmonia, quando falamos sobe algum processo químico, não podemos esquecer que o todo envolvido ainda apresenta muitos caminhos, nada deve ser interpretado como único, pois cada pedacinho desse mapa nos renderá muitas histórias...

Se estiver com muita dor não treine. Descanse!

Marque uma aula experimental de treinamento funcional na Praia inbox.
Ou se preferir um personal trainer entre em contato.

Boa leitura!





Fonte:http://www.wallstreetfitness.com.br/www.acceleratedideas.com,www.melhoramiga.com.br,clubedecorrida.formacco.com.br,saude.abril.com.br/infograficos,http://flagrantesurbanos.webnode.com.br/

[ Leia Mais... ]
segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

Quer passar em testes físicos de concursos?



Como ocorrem os testes físicos em concursos públicos? 

Para quem vai enfrentar concursos com avaliação física, o fundamental é ler o edital com atenção, observando cada detalhe exigido nos exercícios, montar um treino com antecedência e focar no que é cobrado, além de buscar,ajuda especializada.

Barras, flexões, abdominais, saltos e corrida podem frustar sonhos de candidatos.
Conheças as principais características e regras de cada teste.

Fôlego e força não são qualidades necessárias aos “concurseiros” apenas para enfrentar a maratona de questões de um processo seletivo. Dependendo do cargo ao qual se esteja concorrendo, os estudantes têm ainda de mostrar muita disposição e preparo para superar os testes físicos, que em alguns casos reprovam, segundo números não oficiais, até 40% dos concorrentes.



Executar um número mínimo de barras, flexões, abdominais, saltos e correr uma grande distância em tempo limitado são práticas muitas vezes tão ou mais complicadas que acertar as perguntas sobre Língua Portuguesa, informática, ou legislação.
A primeira questão relevante sobre os testes físicos em concursos públicos consiste em saber quando estes podem ser exigidos. É preciso que esteja previsto e disciplinado no edital. Outra condição, sobre a qual se discutiu por muito tempo, era se havia necessidade de previsão na lei.



Porém, recentemente, ao julgar um caso envolvendo o último concurso público do Ministério Público da União (MPU), o Supremo Tribunal Federal entendeu que não seria necessária a previsão na lei para que houvesse a exigência no edital. Ou seja, bastaria que pela natureza do cargo se entendesse necessário o teste.

A exigência estava sendo questionada por três candidatos para o cargo técnico de apoio especializado/transporte, mas a defesa do MPU sustentou que o candidato somente questionou a prova física após realizá-la e ser reprovado.

Quanto ao formato do teste, tudo depende do edital. Geralmente estes buscam avaliar apenas se o candidato está apto ou não, tendo caráter eliminatório, mas não interferindo na classificação. Assim, são estabelecidas determinadas atividades físicas, como certa quantidade de flexões ou corrida em determinada distância, com tempo mínimo a ser executado.



Se o candidato é considerado apto prossegue no concurso. Do contrário é eliminado. Não é incomum que muitos candidatos, principalmente para carreiras policiais, sejam eliminados no teste físico.

Portanto, se há previsão no edital, não basta cuidar da preparação intelectual-cognitiva, sendo preciso pensar na preparação para o exame físico.(Respondido por Rogerio Neiva, juiz e professor de cursos preparatórios para concursos)



Como passar em testes físicos de concursos?


A segurança de um emprego público é, atualmente, objetivo de grande parte das pessoas.

Uma das etapas que os candidatos devem superar para atingirem essa meta são os exames físicos.
como esses testes geralmente acontecem depois da prova intelectual, os candidatos deixam de lado o treinamento, preocupando-se com a preparação apenas se forem aprovados. Dependendo do nível de condicionamento, são necessárias de 8 a 12 semanas para uma boa preparação.

Além disso, deve-se respeitar um dos princípios fisiológicos do treinamento: a especificidade. Esse princípio diz que o treinamento deve ser conduzido o mais próximo possível da atividade que a pessoa desempenha. Parece óbvio, mas muitas pessoas ainda pecam nesse ponto.


Vejamos, por exemplo, o exercício na barra fixa: o exercício mais específico é o próprio treinamento na barra. Nesse caso, pode-se até treinar o exercício “puxada no pulley”, mas ele não será tão específico quanto treinar diretamente na barra fixa. O que aconteceria, nesse exemplo, é o que se chama de transferência do treinamento - quando você tem benefícios adquiridos com exercícios similares. Assim, um maratonista que treina pedalando pode desenvolver seu condicionamento aeróbio, mas só atingirá uma faixa ótima de desempenho se respeitar o princípio da especificidade.


O ideal é que um bom professor de Educação Física analise cada teste que serão realizados nos exames físicos e prescreva os exercícios para melhorar o desempenho na hora da avaliação. O fator psicológico nessa hora conta muito e estar bem preparado fisicamente garante mais tranquilidade aos candidatos.

Entendas as principais regras do teste físico

As exigências na execução dos exercícios variam conforme o concurso. É fundamental o candidato verificar os detalhes e modificações existentes em cada edital.

Barra fixa

:: Para a posição inicial é exigido manter os braços estendidos e o corpo na vertical, sem contato com o solo;

:: Os cotovelos devem se flexionar simultaneamente e o queixo tem de ultrapassar a parte superior da barra, sem se apoiar, e retornando à posição posição inicial, com os cotovelos novamente em extensão total.

:: Não é permitido ao candidato tocar o pé no solo ou em qualquer parte de sustentação da barra, após o início das execuções, mas a flexão das pernas é geralmente aceita.

:: Não é permitido receber qualquer tipo de ajuda física, nem utilizar luva ou outro material para proteção das mãos.
:: Quem não atingir a performance exigida na primeira tentativa, normalmente tem direito a uma segunda, minutos depois.

Corrida

:: Normalmente incluem percursos de 12 minutos, dentro dos quais os candidatos têm de atingir uma distância mínima.

:: É permitido seguir em qualquer ritmo, até mesmo caminhando, ou parando e voltando a correr.

:: O candidato não é autorizado a abandonar a pista durante o teste, nem dar ou receber qualquer tipo de ajuda física.

:: Com relação às corridas, não se costuma oferecer segunda tentativa.

Saltos

:: A posição inicial no salto horizontal exigido em concursos como o da Polícia Federal é atrás da linha de medição inicial, em pé, parado e com os pés paralelos, sem tocarem a linha.

:: O candidato deve saltar à frente com movimento simultâneo dos pés. A marcação da distância será a partir da linha de medição inicial, até a marca no solo de qualquer parte do corpo do candidato que estiver mais próxima da linha.

:: Geralmente é concedida uma segunda tentativa, levando-se em conta o melhor salto.

Em outros há também abdominais.

Entre em contato conosco se você precisa se preparar para algum concurso.


Elisandria Mesquita
Profissional de Educação Física
CREF 004635-G/Ce
Elisandria@gmail.com
https://www.facebook.com/elisandria.fitness
Fortaleza-Ce


Fonte:http://exame.abril.com.br/,http://lafitness.com.br/,http://www.educacaofisica.com.br/
[ Leia Mais... ]
quarta-feira, 6 de novembro de 2013

Quer fazer uma boa massagem relaxante?


A massagem relaxante é um procedimento que utiliza movimentos suaves e manobras como: deslizamento, alongamento e pinçamento com o objetivo de proporcionar benefícios físicos e psicológicos.


É indicada nos casos de tensão muscular, dores de origem muscular, ansiedade, irritabilidade e stress.
Os resultados se dão pelo toque que a massagem desencadeia em transformações físicas e emocionais que cria por vezes uma sensação de descanso, paz e realização tanto no corpo como na mente.


A massagem relaxante também trás benefícios psicológicos a nível mental, a massagem não apenas alivia o stress diário como também a ansiedade. Uma massagem cuidadosa gera sensações de bem-estar, confiança e alegria. Também pode libertar grande energia. A massagem, ao transformar hábitos crônicos de ação e reação, também efetua uma mudança profunda na postura e na expressão facial


Os fatores podem levar a necessidade de uma massagem relaxante são: má postura, esforços repetitivos, excesso de carga, obesidade e principalmente o estresse são os maiores causadores de tensão muscular. Formam-se pequenos “nós” no tecido muscular que dificultam e até travam os movimentos. Em alguns casos eles geram uma dor aguda.

Nenhum tratamento é definitivo se os maus hábitos diários não forem abandonados, as dores e o desconforto podem reaparecer, a massagem relaxante traz alívio temporário, pois depende muito de você sentir-se bem.


Procure mudar seus hábitos e mantenha-se saudável física e psicológicamente ...


Gostou?
Entre em contato com a academia Pa Kua  e encontro bons profissionais qualificados.



Veja também as outras MODALIDADES que a academia  Pa kua tem a oferecer.
Venha nos conhecer faça uma aula experimental.

Arte Marcial/Defesa Pessoal
Armas de Corte
Ritmo
Acrobacia
Tai Chi
Yoga Chinesa
Reflexologia
Energia
Arqueria Tradicional


[ Leia Mais... ]
domingo, 13 de outubro de 2013

O que é Massoterapia?Quais os benefício da Massoterapia?



O que é massoterapia?



Massagem é a prática de aplicar força ou vibração sobre tecidos macios do corpo, incluindo músculos, tecidos conectivos, tendões, ligamentos e articulações para estimular a circulação, a mobilidade, a elasticidade ou alívio de determinadas dores corporais.



Por ser uma forma de terapia, também pode ser conhecida como massoterapia.
Pode ser aplicada a partes do corpo ou continuamente a todo o corpo, para curar traumas físicos, aliviar stress psicológico, controlar a dor, melhorar a circulação e aliviar tensão.
Quando a massagem é utilizada para benefícios físicos e mentais, ela pode ser chamada de “Terapia de Massagem Terapêutica”.


OS BENEFÍCIOS DA MASSAGEM

Hipócrates (460 a 377 a.C.), considerado o pai da medicina, já utilizava a massagem como uma ferramenta terapêutica em seus pacientes.

O poder do toque e manobras realizadas na massagem é capaz de fortalecer o sistema imunológico do corpo, responsável por nossa defesa contra doenças.

Durante uma sessão de massagem, o cortisol, hormônio liberado pelo organismo quando ficamos estressados, sofre uma redução considerável, o que ajuda muito a combater o estresse da vida moderna.
Também durante a massagem, há o aumento da dopamina, neurotransmissor responsável pela sensação de prazer, o que explica a sensação de relaxamento e bem estar após uma sessão de massagem.



BENEFÍCIOS MUITO ALÉM DO RELAXAMENTO

  • As pessoas que não conhecem muito bem os benefícios da massagem associam a prática somente para o relaxamento como objetivo, porém, a massagem é capaz de proporcionar diversos outros benefícios físicos e emocionais, dos quais podemos destacar:
  • Redução da ansiedade
  • Combate a depressão, pois promove a sensação de bem estar
  • Combate ao estresse
  • Estimula a circulação sanguínea e linfática
  • Reduz a tensão e dores musculares
  • Elimina toxinas e resíduos metabólicos







Apesar de haver muitos tipos particulares de massagem, existem apenas alguns tipos básicos e primordiais de massagem. As técnicas de massagem dividem-se basicamente em duas categorias: Energéticas e Fisiológicas.



As primeiras buscando a reorientação da energia vital (chi, ki, prana) e as segundas buscando a desintoxicação do organismo através da eliminação do ácido lático das fibras musculares, além de auxiliar o retorno do sistema venoso.



Depois começaram a bifurcar-se em centenas de correntes e estilos diferentes, fundindo-se e separando-se em outros tantos estilos.


Hoje em dia existem massagens aplicadas para praticamente todos os fins. Desde massagens para bebês e idosos até massagens cosméticas, de rejuvenescimento localizado.



As massagens hoje em dia estão cada vez mais enraizadas nas culturas chegando até mesmo às empresas. Cada vez mais, grandes organizações incorporam nos seus pacotes de incentivos, massagens inclusive no próprio local de trabalho.


A massoterapia é um meio ancestral de alcançar a cura e o resgate do bem-estar através de movimentos que se valem de toques com as mãos, os quais exercem sobre o corpo intensidade, fricções e pressões necessárias para propiciar relaxamento, alívio das tensões cotidianas, uma melhor circulação do sangue e das substâncias linfáticas, a oxigenação dos tecidos orgânicos e o resgate das energias perdidas.



Ela lança mão de recursos holísticos provenientes tanto do Ocidente quanto do Oriente, e está presente nas civilizações mais antigas, há milhares de anos. Esta técnica é portadora de imensos benefícios terapêuticos, estéticos, psíquicos e é salutar para aqueles que praticam exercícios.



Ela também pode contribuir para um melhor relacionamento do homem com seu corpo, na conquista de uma percepção maior da respiração e para uma consciência corporal cada vez mais intensa.




O Massoterapeuta

Os massoterapeutas são normalmente submetidos a uma formação rigorosa, mas é importante sempre buscar referências na procura destes profissionais e de clínicas especializadas.


A opção pela melhor modalidade de massagem está essencialmente ligada ao distúrbio a ser eliminado, bem como à personalidade do paciente. Isto porque ela age profundamente não só sobre a epiderme, mas principalmente sobre músculos, tendões, ligamentos, e até mesmo em alguns órgãos do corpo.


Assim, a massoterapia produz sensações de intenso prazer e bem-estar, mas também pode provocar vantagens a longo prazo, se for realizado um tratamento mais prolongado. Portanto, se o paciente se submeter a sessões regulares e constantes de massagens, pode obter fortalecimento e vigor em todo o organismo, o que o leva a se precaver de lesões e torções violentas.


Além disso, esta técnica harmoniza o sistema nervoso ou o excita, conforme for a necessidade da pessoa atendida. De qualquer forma, ela diminui o cansaço, devolvendo ao indivíduo a vitalidade dispersa. Assim, ela atua nos planos físico, mental e espiritual.Vestígios do uso da massagem vêm sendo encontrados nas pinturas realizadas em muros, nos túmulos, inscritas em cerâmicas, xilogravuras e desenhos ancestrais.


Estas marcas temporais fixaram para a posteridade a utilização destas técnicas na China, no Japão, Egito e Pérsia – atual Irã. Transpostas para o mundo ocidental, elas são registradas nas medicinas da Grécia e de Roma. Ao longo da era medieval não se percebe sua presença, mas a partir do século XVI ela é resgatada por Ambroise Paré, médico francês.

Seu uso também é recomendado, hoje, na cura de diversas doenças, tanto orgânicas quanto psíquicas.



Já foram comprovadas melhorias no ritmo cardíaco, diminuição da pressão sanguínea, alívio das dores crônicas, restituição dos movimentos normais da articulação, entre outras vantagens da massoterapia.



Benefícios da massagem para idosos

A massagem para os idosos oferece TODOS os benefícios já conhecidos pelos clientes
A massagem para os idosos oferece TODOS os benefícios já conhecidos pelos clientes mais jovens, em particular a massagem para os idosos é ainda mais eficaz devido aos desafios tanto emocionais quanto físicos que os idosos experimentam. 


A grande maioria dos idosos é sedentário, muitas vezes por dolorosas artrites, dificuldade de equilíbrio ou problemas circulatórios. A massagem suave, mas estimulante, traz alguns dos resultados que seriam conseguidos através de exercícios.


Pesquisas indicam que o contato social é um componente chave da saúde e felicidade dos idosos. "O isolamento é um poderoso fator de risco para aqueles que já tem a saúde debilitadada", de acordo com a crônica "Envelhecendo com sucesso" , o qual trás os resultados de um estudo da Fundação MacArthur.


O contato periódico entre o massoterapeuta e o paciente, pode ser parte significativa desta rede de necessidades que o idoso requer.

O idoso sabe que pelo menos duas vezes por semana ele ou ela receberá atenção totalmente focalizada ao seu cuidado individual, ele se sentirá único e valorizado. 


"Envelhecer não é para os medrosos".Dar massagem terapêutica para idosos também não é para medrosos, é tão gratificante quando exigente.
Requer do profissional massoterapeuta um interesse verdadeiro da vida dos pacientes idosos, participar do restabelecimento de deficiências físicas e desta forma ser convidado a ingressar no mundo dos idosos, tratando-os com dignidade, não importando suas excentricidades ou circunstâncias.



CONCLUSÃO

Como vimos, os benefícios da massagem vão muito além do relaxamento e esta é uma prática já comprovada cientificamente para prevenção de doenças e promoção da saúde.
Para garantir os benefícios que a massagem pode lhe proporcionar, orientamos sempre procurar um profissional formado para garantir a eficácia e responsabilidade no tratamento

E VOCÊ? JÁ CONHECIA ESTES BENEFÍCIOS DA MASSAGEM?

Para marcar uma sessão de massagem entre em contato através do e-mail abaixo;
Elisandria@gmail.com (Atendimento em Fortaleza-Ce) ou ligue para (85) 8715.7060-99504224

Ligue e peça para marcar horário com a Massoterapeuta Elisandria!
Ou ligue direto para a Professora o atendimento será na Academia Pa-Kua Cocó-Fortaleza-Ce


Obrigado á todos!
Elisandria Mesquita
Personal Trainer e Massoterapeuta
(Cref-004635-G/CE)
Fortaleza-CE, Brazil




(Entre em contato via facebook)
Fortaleza-Ce




Fontes de pesquisas;http://www.dicasdemassagem.com.br/,http://pt.wikipedia.org,Nancy S. Kahalewai, Hawaiian Lomilomi - Big Island Massage, Island Massage Publishing,
Makana Risser R. Chai: Na Mo'olelo Lomilomi - The Traditions of Hawaiian Massage & Healing. Bishop Museum Print, 2005. ISBN 1-58178-046-X,American Massage Therapy Association (AMTA), Journal Joan S. Lohman,http://www.sitemedico.com.br
[ Leia Mais... ]

Compartilhe!

Para curtir!

Leia!!

Postagens Mais Lidas no BLOG

Marcadores

A Caminhada (1) A história da Maratona (1) A importância da Avaliação Física (1) A Maratona de São Silvestre (1) Academia x Personal (2) Adoçante vilão ou mocinho (1) Adoçantes (1) Alimentação e Água nos exercícios físicos (1) Alimentação nos Exercícios Prolongados (1) Alimentação nos treinos (1) Alimentação para atletas (1) Andar e ou Pedalar e benefícios (1) Aprenda a praticar CORRIDA com mais segurança e benefícios (1) Arbitragem em Atletismo (1) Atividade física para IDOSOS (1) Atividades Aeróbicas (1) Atividades Físicas (1) Avaliação Física (1) Avaliação Física em Domicílio (1) Avaliações Físicas (1) Bacia-Pélvis-Lombar (1) Badminton (1) Benefícios da massagem para IDOSOS (1) Benefícios do JUMP (1) Benefícios dos Exercícios Físicos (1) Bola Suíça (1) Calcule seu IMC agora (1) Caravana Petrobrás esporte e cidadania em Fortaleza (1) Ciclismo (1) Cistos de Baker (1) Como escolher o Personal Trainer?Personal Trainer (1) como passar em testes físicos para concursos (1) Como praticar a Caminhada (1) Como praticar Slick Line (1) Como surgiu o ciclismow (1) Concursos públicos (1) Condicionamento Físico (1) Congresso em Fortaleza-Ce (1) CONGRESSO OLIMPÍADA E CIDADANIA (2) Core (1) Core Training o que é (1) Correr descalço ou calçado? (1) Correr na esteira ou ao ar LIVRE (1) Correr no calor (1) Corrida Consciente (1) Corrida e seus OBJETIVOS (1) Curso Olimpíada e Cidadania (1) De que são feitos os adoçantes (1) Dicas para Emagrecimento (1) Diferença entre Atividade e Exercício físico (1) Dor muscular (1) Dor muscular depois do exercício (1) Dry Fit (1) Esporte é inclusão social (1) esportes na 3ª Idade (1) Exercícios (1) Exercícios com HALTERES (1) Exercícios com halteres livres (1) Exercícios Físicos Conceito (1) Exercícios físicos livres (1) Fadiga muscular (1) Fit Ball (1) Fitas de Suspensão (1) Fitness Aquático (1) Fortalecimento dos Músculos (1) Functional Training (1) físicos com bola suiça (1) Garrafa de água nos treinos (1) Ginástica Laboral (2) Ginástica Laboral nas Empresas (1) Importância do Personal Trainer (2) INCLUSÃO SOCIAL (1) Intensidade de Corrida (1) Jogos Olímpicos (1) JUMP (1) Kranking (1) Lesão Meniscal (1) Licenciado ou Bacharelado?Sem restrições para atuar em E.F (1) Longevidade e Esportes (1) Massagem para IDOSOS (1) Massagem para pessoas da 3ª Idade (1) Massagem Relaxante Academia Pa Kua (1) Massagens com PEDRAS quentes (1) Medidinha Certa em Fortaleza (1) Meus Contatos (1) Mitos e verdades do Adoçante (1) O que é Badminton? (1) O que é coordenação motora? (1) O que é Fitness Aquático? (1) O que é FITNESS? (1) O que é Frisbee? (1) o que é Ginástica laboral?Surgimento da Ginástica Laboral (1) O que é MASSOTERAPIA (1) O que é Massoterapia?O que é massagem?Benefícios da massoterapia (1) O que é reabilitação? (1) O que é RPG? (1) O que é Rugby? (1) O que é sedentarismo (1) O que é SGA? (1) O que é Slack Line (1) O que é Treinamento Funcional (1) O que é Treinamento Funcional? Treinamento Funcional (1) O que é Treino CORE (1) O que é uma Avaliação físicas (1) O que é uma MARATONA?Maratona (1) Ofereço treinamento para concurso contacte-me (1) Patologias do Joelho (1) Personal Trainer (1) Personal Trainer ou Academia? (1) Pliometria (1) Porque ter um Personal Trainner? (1) Preparação para testes físicos (1) Qual é a importância da atividade física na terceira idade?Atividade física na 3ª idade (1) Quem é o Personal Trainer? (2) Randy Hetrick (1) Razões para praticar atividade física (1) Regras para CORRIDA saudável (1) Rendimento Físico (1) Rotinas da avaliação física (1) Roupas Esportivas (1) RPG e SGA (1) Rugby (1) SAF (1) Saúde (1) Sedentário (1) SESC (1) SESC ATIVO (1) Sesc-Ceará (1) SESI (1) SESI e REDE GLOBO medidinha certa (1) SESI e REDE Globo no esporte e cidadania (1) SESI esportes (1) SESI lazer (1) SESI produtos e serviços (1) Sesi-Atleta do Futuro (1) Slack Line (1) Supino (1) Supino com Barra (1) Tecidos Inteligentes (1) Terceira Idade e Esportes (1) Testes físicos para Concursos (1) Tipos de Bicicletas (1) Treinamento Contínuo (1) Treinamento de Força (1) Treinamento de força e condicionamento (2) Treinamento de Velocidade (1) Treinamento em Suspensão (1) Treinamento FARTLEK (1) Treinamento intervalado (1) Treinamentos para concurso (1) TRX (1) Vamos pular corda? (1) Veja exercícios com alteres livres (1) Vídeos (2) Água nos treinos (1)

Marcadores

 
 

Meus leitores no MUNDO

Arquivos do Blog